«O BOM LIVRO É AQUELE QUE SE ABRE COM INTERESSE E SE FECHA COM PROVEITO»

AMOS ALCOTT

Harry Potter e o Cálice de Fogo

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

| | |
Sinopse: «Harry Potter nem quer acreditar na sua sorte! Afinal não vai ter de aturar os Dursleys até ao início do seu quarto ano em Hogwarts. Graças à taça Mundial de Quidditch vai passar os últimos quinze dias de férias na companhia dos Weasleys e do seu amigo Ron. Mas a verdade é que nem tudo vai correr pelo melhor para o nosso herói. Quando Harry começa a sentir a sua cicatriz a doer terrivelmente, sabe que Lord Voldemort está de novo a rondá-lo e a ganhar poder. A marca da morte, que apareceu no céu, não pode significar outra coisa...Entretanto, este é um ano muito especial para Hogwarts, pois é lá que se irá realizar o célebre Torneio dos Três Feiticeiros, no qual Harry vai desempenhar um papel decisivo e que quase lhe irá custar a vida!! Pela segunda vez, Potter vê-se frente a frente com Voldemort, e ele sabe que o maior desejo do poderoso senhor das trevas é vê-lo morto...»

Bom, o que dizer sobre este livro?

Humm... Eu acho que se nota uma evolução nas personagens, também seria de esperar não é?, uma vez que estão a crescer!..
É um livro maior que os anteriores, acho que já o posso considerar até mais complexo e onde tudo se interliga. Se é certo que isso já acontecia nos volumes anteriores, neste é mais notório como tudo acontece de certa forma por um motivo e no fim tudo faz sentido.

Em relação ao enredo e às personagens:
Pessoalmente, até achei que o livro se leu muito bem, excepto algumas situações que simplesmente senti a arrastarem-se, mas num todo não foi muito significativo.
Houve momentos em que me apeteceu desatar ao estalo aos três protagonistas que passaram mais tempo zangados e com birrinhas do que outra coisa, mas lá conseguiram ficar bem uns com os outros antes de perder a paciência.
Ainda me lembrava de algumas coisas (como o Cedric e os dois campeões de Howgarts) embora de muito pouco, por isso, e embora já soubesse o destino do Cedric não pude de deixar de simpatizar bastante com ele e revoltar-me na mesma. Por outro lado, neste volume tive muitas coisas que me deixaram de boca aperta, totalmente apanhada de surpresa, o que foi bom. Ainda assim, e apesar de termos o momento porque tanto ansiávamos, considerei o confronto entre o Harry e o Voldemort pouco credível, mas pronto.

A Rita Skeeter, matou-me! xD Ela pode ter dado cabo dos nervos a toda a gente, mas eu diverti-me imenso com a personagem e com os seus artigos! E no final, (e mais uma vez, eu adoro a Hermione, mesmo!) ela bem que teve o que merecia!

Moody Olho Louco, bom, adorei a personagem, embora no fundo não fosse bem ele, não é? Mas o que eu me fartei de rir quando ele transformou o Malfoy em furão e ainda respondeu à McGonagall na maior das calmas quando ela lhe perguntou o que estava a fazer, que estava a ensinar! LOL Foi das personagens mais interessantes ao longo do livro e que me proporcionou muita diversão mesmo, safando o Harry dos disparates e dando umas quantas aulas irreais!

Depois, tivemos a descoberta de várias coisas sobre as personagens que já conhecíamos, ficando a conhecer melhor Dumbledore, Hagrid e o Snape (or so I think...). No entanto, e apesar de várias descobertas e de todo o jogo que é feito ao longo do livro onde só se resolvem certos mistérios no final, acho que ainda ficámos com algumas perguntas por responder, o que certamente motiva a pegar no próximo volume.

Ah, e uma atençãozinha para os elfos domésticos, e mais uma vez, em especial o Dobby, são simplesmente adoráveis, do mais querido que há!


Enfim, não posso propriamente dizer que estou desiludida, porque não estou e ainda passei bons momentos, mas a verdade é que em certos aspectos esperava mais e não considerei este livro à altura do anterior!


Não tenho muito mais a dizer... a minha leitura da saga por enquanto fica-se por aqui, mas acho que agora é que as coisas vão começar a aquecer, ou pelo menos foi com essa ideia que fiquei no final do livro, onde finalmente temos o regresso do temido Voldemort.

3 Páginas:

Cat SaDiablo disse...

também gostei muito deste livro, mas sempre achei o Prisioneiro de Azkaban superior =)
Salta já para A Ordem de Fénix! Lembro-me de esperar 2 ou 3 anos para ler a continuação do Cálice de Fogo! ^^

Sofia* disse...

Ainda bem que gostaste do livro! Infelizmente, como já deves saber, não partilho da mesma opinião... Mas são pontos de vista! LOL
Já não o leio há bastante tempo, por isso não me lembro bem de todos os pormenores, mas lembro-me que as partes que mais gostei foram mesmo as em que eles tinham de desvendar as pistas (aí está, significados ocultos, que eu adoro xD).

Acho que vais notar alguma diferença entre este e o proximo livro quando o leres, eu pelo menos senti isso, e penso que foi uma diferença positiva! Vais ter muito que escrever quanto à Ordem da Fénix... =P

Estrela_da_Noite disse...

Olá Cat SaBiablo :),

Sim, o prisioneiro de Azkaban foi de facto superior, no entanto, acabei por gostar muito deste na mesma. E só agora, alguns dias depois de deixar a série e partir para outras leituras é que percebo o quanto realmente estou a gostar da série e como por vezes dou por mim a pensar nas personagens...

A leitura do(s) próximo(s) volumes, por enquanto fica em stand-by porque ainda não os tenho, mas espero retomá-la depois do Natal :P


Olá Sofia,

Pois, já sei que infelizmente não gostaste muito deste volume, o que confesso que me deixou preocupada - 4 livros seguidos e este o maior deles todos e ser assim uma desilusão! =/
No entanto, gostei muito!, mas tenho de reconhecer que não foi o melhor!

Enfim, confesso que estou entusiasmada para os próximos livros! :D E espero que sim, que tenha muito que escrever quanto à Ordem da Fénix :P

Boas leituras,
Estrela

Enviar um comentário